Fique por dentro das notícias e dicas

De RH para RH: Um descontraído bate papo sobre liderança

19/03/2018
  
 

Conduzir o departamento de Recursos Humanos de uma empresa é extremamente desafiador. 

Não apenas por ser uma área que passa por constantes mudanças, mas também, principalmente, por ter que conciliar e equilibrar vontades, tanto de pessoas extremamente diferentes como dos interesses da empresa e do funcionário.

 

reforma trabalhista

  

Daniele e Fernando se reuniram para conversar um pouco sobre as expectativas do RH para 2018, próximas gerações, o que fazer para se inovar, entre outros assuntos.

 

"O meu hobby é trabalhar".

Daniele Matos é Gerente de RH da Kantar IBOPE Media e atual vencedora do Prêmio "Jovem Talento de RH" no TOP OF MIND RH 2017. Além de apaixonada pelo seu trabalho, a jovem demonstra para os profissionais de RH como um RH estratégico por ela aplicado nas empresas em que trabalhou pôde impulsionar as empresas a apresentar um diferencial no mercado externo e interno. 

 

Dentre muitos assuntos discutidos nos quase 40 minutos de conversa, uma das perguntas mais freqüentes entre os profissionais de RH é como ter um RH ativo entre os colaboradores e ser inovador.

 

A primeira dica é se manter atualizado, ou seja, hoje vivemos com uma disponibilidade em que todo e qualquer conhecimento é muito fácil. A área de RH proporciona uma troca constante, não apenas entre profissionais, mas também com as outras áreas. Assim sendo, buscar inovações e também interagir com outros setores é fundamental para se manter atento e atualizado.

 

Além disso, estar ativo também necessita envolver todos aqueles que participam e contribuem com a empresa. É transformar o colaborador em pessoa participante e contribuinte das decisões que o RH queira tomar. Isso é fazer com que o RH não fique apenas dentro do RH e, ainda, expandir para toda empresa e colaboradores.

 

Pensando sempre no tão falado RH estrat;egico, hoje se discute muito a questão do empoderamento do colaborador. Como é possível utilizá-lo sem que a empresa tenha desequilíbrio em suas decisões?

 

Muitos líderes optam por transferir a responsabilidade ao colaborador para ajudar nas decisões das ações do RH, afinal as ações são para eles, é uma opção que pode gerar resultados positivos para a sua empresa e principalmente agregar valor humano. 

 

 

"Dar o poder para as pessoas que estão na ponta".

Contribuiu Fernando S B Medina, diretor de operações da Luandre e atual vencedor do Prêmio "Empresário de Destaque" no TOP OF MIND RH 2017.

 

Ouvir o que o colaborador quer e trazê-lo para perto é uma forma de empoderá-lo motivá-lo dentro da empresa. "Vamos perguntar o que eles acham?". Ambos recomendam a utilização desta forma de motivar o seu funcionário.

 

Todos sabem que manter um funcionário motivado requer muita dedicação. Você trabalha, trabalha, trabalha e mesmo assim o colaborador quer mais. Mas e agora, como lidar com as constantes reclamações dentro da empresa?

 

Basicamente, é uma transformação das reclamações em um jogo de adultos:

 

"- Tudo bem, o que você quer?
- Eu quero um aumento salarial.
- Olha, neste momento não é possível. Mas quem sabe podemos falar em bonificação por objetivos cumpridos?"

 

Trata-los como adultos é uma forma eficaz e equilibrada de lidar com aquele perfil que busca, via de regra, a reclamação para resolução de insatisfações. Perante uma solicitação, analise se é possível ou não, também saiba dizer não e, principalmente, justifique.

 

Desta forma, é possível ter uma resposta motivacional eficaz e, enfim, dar oportunidade ao colaborador dizer o que pensa é fundamental.

 

As melhores formas de premiar e motivar o seu colaborador

Trabalhe com as lideranças nos departamentos para que conheçam as melhores motivações dos seus colaboradores. Seja assistir um jogo de futebol, ir a um show, jantar com a família, ir ao cinema, viajar. Ou seja, há muito mais métodos de se premiar do que em bônus financeiro.

 

Premiar em dinheiro é legal, porém acaba se tornando um ciclo do "cada vez mais" e, desta forma, se transforma em um motivador de curto prazo.

 

Entender o que cada tipo de profissional gosta é poder identificar e motivar de forma pessoal e profissional. São públicos diferentes, cada profissional quer e precisa de uma motivação diferente.

 

O bate papo não poderia terminar sem falar sobre o conflito de gerações dentro das decisões das empresas. Um dos maiores desafios do RH é lidar com a atual geração, dita como imediatista.

 

As empresas também precisam se adaptar a este novo mundo, é claro. O departamento de RH deve se atentar às contantes atualizações das gerações que se passam. São questionamentos como rigidez de horário, liberdade de diversão, flexibilidade no dia a dia, entre outros. Fique atento!

 

 

O que os profissionais de RH precisarão ter daqui alguns anos? 

Gostar de pessoas é algo que sempre irá existir. Porém, não é mais o que basta. É preciso ter a "pegada" do resultado corporativo.

 

Daniele e Fernando trazem uma dica fundamental para os profissionais de RH: procure o equilíbrio entre gostar de pessoas e trazer resultados para a empresa, tendo um olhar de dono e, consequentemente, o seu colaborador entenderá que a empresa quer atender as expectatvias dele e que ele tem que atender as expectativas da empresa. 

 

Saber dar bronca, mas saber olhar o resultado, dar o ponto de equilíbrio, olhar o negócio, podendo elevar o seu RH para outro nível.

 


  

Tudo que você precisa saber sobre o TOP

 

Empresário de destaque - Fornecedores de RH

Motivo de muita comemoração em 2017, a conquista do diretor de operações, Fernando S B Medina no prêmio TOP OF MIND DE RH na categoria Empresário de Destaque Fornecedores de RH pode se repetir em 2018. Em busca da sua segunda indicação, o diretor participa da mesma categoria. 

 

top of mind 2017

Fernando S B Medina na entrega do prêmio TOP OF MIND de 2017

 

  

Sobre Fernando Medina

Fernando, diretor de operações da Luandre, tem mais de 12 anos de experiência em Recursos Humanos, é formado em administração de empresas e marketing pela ESPM e cursou pós-graduação em gestão de pessoas pela FIA, certamente um talento que merece ser reconhecido. 

 

Também é responsável pelo canal de informações TV RH, um projeto que nasceu com objetivo de contribuir para o desenvolvimento da área de Recursos Humanos, através de conteúdos relevantes voltados sobretudo para as empresas e profissionais de RH, e também, aos profissionais que buscam recolocação.

 

Curta o Canal TV RH: 

 

 

 

 

Saiba como indicar

A indicação é feita por um colégio eleitoral de profissionais de RH cadastrados e avaliados pela Fênix Editora, responsável pelo Top Of Mind. Para fazer parte deste colégio eleitoral, clique aqui

 

 


Compartilhe:

 

 

 

 

Digite seu e-mail que entraremos em contato


Saiba mais sobre os serviços

Cadastre seu curriculo
Pesquisa por vagas de emprego

Aceite as politicas de privacidade Selecione o seu interesse