Fique por dentro das notícias e dicas

Os Principais Desafios no Gerenciamento do seu Employer Branding

16/06/2017
 

 Um dos temas bastante em alta atualmente no universo dos Recursos Humanos é o Employer Branding. O termo se refere diretamente à reputação que a empresa possui como empregadora e à imagem da sua marca projetada aos profissionais a partir de diversos quesitos que definem o ambiente de trabalho como atrativo para quem está inserido no mercado.

 

 

 Uma vez que é sabido que a contratação de colaboradores competentes e comprometidos é fundamental para o sucesso da empresa, nada mais esperado do que a busca por táticas eficientes para que sejam atraídos os melhores talentos. Nesse contexto, o Employer Branding manifesta-se através de dados reais de crescimento significativo a partir dos investimentos e direcionamentos de ações no sentido da valorização da reputação da organização como empregadora. Empresas que compreenderam há alguns anos sobre a necessidade de se gerenciar a marca empregadora e de construí-la sobre alicerces sólidos, podem contar hoje com um resultado que representa credibilidade interna e externa, como também maior sucesso no atrair, recrutar e, principalmente, no reter talentos.

 

 

  Ainda assim, a decisão de implementar o Employer Branding e ser bem sucedido não é tão simples, pois a tarefa exige planejamento, análise da realidade atual e são diversos os desafios que precisam ser superados dentro da organização. Tudo deve ser avaliado e bem preparado até que toda a estrutura esteja arquitetada para a conversão de atitudes, cultura e estratégias que garantam a eficácia da divulgação da marca. Observe a seguir alguns desses desafios:

 

 

Compreensão e diagnóstico

 

  Ser capaz de ter o entendimento do que efetivamente a sua empresa oferece às pessoas que nela exercem atividades é essencial. Isso compreende desde benefícios mensuráveis, como salário, transporte, auxílio creche, etc., até as características mais abstratas. Neste ponto, são analisados o clima organizacional, a valorização da qualidade de vida do funcionário, a flexibilidade, o aprendizado, o reconhecimento, entre outros. Para tanto, a instigação aqui é ser capaz de abstrair dos colaboradores que já atuam na empresa o máximo de transparência na transcrição do que convivem e sentem dentro daquele ambiente. É salutar garantir que colaboradores das mais diferentes performances e funções sejam ouvidos no levantamento para que as informações possam ser completas e de origens das mais diferentes áreas.

 

 

Integração

 

  Um dos grandes desafios no construir e estabelecer da prática do Employer Branding dentro da empresa é que a iniciativa precisará envolver não apenas a equipe de RH, mas também a Comunicação, o Marketing, e até mesmo outros setores. Assim sendo, a árdua tarefa de encontrar equilíbrio entre desenvolvimento de trabalho, estratégias e esforços de diferentes áreas precisará ser feita. Além disso, em se tratando de uma multinacional, soma-se a necessidade de alinhamento entre a metodologia brasileira e a global, ou então a “importação” da metodologia de fora para dentro da nossa realidade.

 

 

Diferenciação

 

  É comum que os donos e diretores das empresas não estejam aptos a reconhecerem de prontidão quais são os verdadeiros diferenciais que quem é empregado da sua empresa consegue enxergar em comparação com o que estão acostumados a ver no mercado. É claro que a empresa idealiza a realidade baseada na consciência da sua visão, missão e valores, no entanto, ao fazermos um comparativo entre diversas empresas do mesmo setor, é possível observar variações significativas no que estão se propondo nesse conjunto de valores e cultura. Iniciando por este ponto, é interessante avaliar quais fatores, do ponto de vista de quem está inserido no contexto da empresa, são oferecidos que sejam considerados de fato diferenciados em relação a todos os concorrentes e, assim, fazer disso uma alavanca para o destaque da marca de empresa vista de dentro.

 

 

 Longo prazo 

 

  A maioria das organizações, em tempos de crise, tende a suspender os projetos de longo prazo, uma vez que envolvem muitas horas dedicadas em estratégias e planejamento. No entanto, é preciso estar ciente de que o Employer Branding é um projeto em que a empresa precisará trabalhar continuamente, ou seja, por longo prazo, com o intuito de elaborar toda a construção da empresa como uma boa empregadora. Essa reputação, para ser forte, leva tempo para ser construída e, apenas cientes disso, será possível alcançar a reestruturação da marca e a tão almejada solidificação da reputação da empresa.

 

 

  Chegamos a um momento em que ser citado apenas na lista de bons locais para trabalhar deixou de ser suficiente, pois na busca pela captação de melhores talentos e na formação de uma equipe de sucesso, já não serão poucos os concorrentes que serão também parte desta listagem. Desta forma, é crucial que a empresa se destaque pelo seu diferencial e pelos seus principais valores oferecidos aos colaboradores que, inseridos neste contexto, se tornarão os principais canais de consolidação dos novos conceitos da organização junto ao público interno e externo. Investir no Employer Branding é aplicar esforços para fazer da empresa um lugar disputados pelos melhores talentos. É o momento em que o RH finalmente se une ao Marketing, comunicando claramente os melhores aspectos internos e valorizando mais e mais os pontos fortes da organização.

 

  

Top of Mind RH 2017 - Empresário de Destaque Fornecedores de RH

 

 

 A Luandre conta com a participação no Top of Mind RH 2017 através da indicação do diretor Fernando S B Medina para a categoria Empresário de Destaque Fornecedores de RH.

 

 

 Fernando possui 12 anos de experiência de atuação na área de Recursos Humanos, iniciando sua carreira com a passagem por duas multinacionais antes do ingresso na Luandre, onde percorreu todas as áreas antes de assumir, finalmente, a Diretoria de Operações da empresa.

 

 

 Com formação em Administração de Empresas e Marketing pela ESPM e pós graduação em Gestão de Pessoas pela FIA, foi sob seu comando que foi possível reinventar o quadro em que a empresa se encontrava, que passou, hoje em dia, a atingir um índice de satisfação superior a 90% junto aos seus clientes. Paralelo a isso, atuou garantindo que a empresa conseguisse um resultado de crescimento mesmo diante da maior crise do país, solidificando sua importância nos resultados da gestão das nossas equipes.

 

 

 Para participar da votação, basta efetuar o cadastramento para ser parte do colégio eleitoral de profissionais de RH cadastrados e avaliados pela Fênix Editora responsável pelo Top of Mind, através do link:

 

http://topofmindderh.com.br/site2017/luz-camera-contato

 

 

 Importante lembrar que o prazo final para esta fase é no dia 24 de março. Não perca a oportunidade de fazer parte de mais esta grande conquista da Luandre, seja nosso convidado e apoie esta vitória.



  


 

 

 

 

Digite seu e-mail que entraremos em contato


Saiba mais sobre os serviços

Cadastre seu curriculo
Pesquisa por vagas de emprego

Aceite as politicas de privacidade Selecione o seu interesse