Quer se destacar ainda em 2018? Veja estas tendências.

 

No mundo corporativo, 2018 começou com ares diferentes. Aspectos mais intensos da crise começam a ser deixados para trás e, com isso, as empresas deixam também de lado um pouco a preocupação quanto à redução de custos, que esteve antes acima de qualquer outra estratégia.

 

Agora, o interesse dos executivos é de encontrar profissionais que estejam atentos aos sinais que apontam as mudanças, que venham para agregar conhecimento nesta transformação e tirar todo o proveito das oportunidades que estão surgindo no decorrer do ano.

 

A atuação do RH, é claro, também é impactado por essas mudanças, que incluem, ainda, as alterações na legislação trabalhista – até hoje gerando uma porção de dúvidas – e as inovações tecnológicas, que cada vez mais influem na gestão de pessoas. Assim sendo, nos cabe pensar nas formas de atuação que tendem a se destacar para o profissional de Recursos Humanos.

 

Seguem algumas destas linhas a se investir se você quer se destacar no mercado no decorrer ainda deste ano:

 

Gestão Comportamental

O comportamento, comprovadamente, é não apenas o resultado de influências internas e externas, mas principalmente o conjunto de ações e reações das pessoas de acordo com os estímulos que recebem. Ou seja, cada colaborador tem poder de influenciar no meio ao mesmo tempo que recebe interferência dos demais.

 

Assim sendo, a gestão comportamental está diretamente ligado às estratégias de entendimento e gerenciamento das competências comportamentais de cada um dos colaboradores da empresa.

 

Neste ponto, saber avaliar habilidades que se destacam e colocar as pessoas adequadas nos locais mais propícios pode ser um diferencial marcante para a criação de um clima bom e redução drástica da rotatividade.

 

Valorização da diversidade

O momento pede que façam parte da empresa os mais variados tipos de pessoas, pois só assim se garante a diversidade na geração de ideias.

 

Falamos aqui não somente de questões de idade, gênero e regionalidade, mas também de diferenças de personalidade.

 

Sem dúvida uma empresa unânime em características é muito mais fácil de gerir e ter ideias aprovadas, no entanto a individualidade provocada e o conjunto variado permite originalidade e variação de pontos de vista, itens essenciais para esta retomada.

 

Retenção de talentos

Para que se mantenham os melhores profissionais na empresa, é fundamental trabalhar a valorização, o reconhecimento e o clima organizacional. Isso só é possível se estiver clara aos gestores a necessidade de investimento no potencial humano, engrenagem de funcionamento de cada setor da organização.

 

Mesmo quando há diversas vagas de emprego oferecidas, é difícil encontrar profissionais com as habilidades necessárias para preenchê-las, o que marca a importância que o RH bole estratégias que permitam a retenção dos profissionais que possuem a competência para estarem atuando onde estão.

 

Estas técnicas podem contemplar desde treinamentos e formação até políticas de benefícios, programas de incentivo, trabalhos em equipe que agreguem ao ambiente de trabalho, etc.

 

A empresa deve ter maior preocupação em se tornar atrativa como local para se trabalhar e o RH é parte deste processo.

 

Conhecimento e uso da tecnologia

A inovação é parte integrante do processo de crescimento de – praticamente – qualquer empresa bem sucedida. No RH os dados estão cada vez mais organizados e disponíveis em softwares variados que ajudam no recrutamento e seleção, na divulgação de vagas nas redes e até mesmo na análise de perfis comportamentais. Cabe ao RH, portanto, conhecer a enorme gama de possibilidades que a constante digitalização do departamento tem a oferecer.

 

Em 2018 o caminho seguido pelos Recursos Humanos é rumo a uma gestão cada vez mais objetiva e, assim, nada melhor do que a funcionalidade do armazenamento e da análise de dados para se manter preciso e objetivo na gestão das pessoas.

 

As mudanças que se apresentam no ano de 2018 trazem consigo benefícios para a área de Recursos Humanos, como a otimização dos processos, o agregar da tecnologia para reduzir os trabalhos manuais e a visão mais otimista para as contratações e salários.

 

Mais do que isso, representa a possibilidade de atuar na área com um papel bastante estratégico dentro da organização, contribuindo para a sua gestão e competitividade no mercado.

 

São 48 anos de experiência em RH, atuando no setor para 200 das 500 maiores empresas do Brasil. Conheça um pouco mais sobre a Luandre.

 

 


 

 

2018: Em busca novamente das duas categorias

Em 2018, a Luandre disputa pela 17a vez consecutiva como a melhor empresa de Recursos Humanos na categoria Temporários & Efetivos, prêmio este que conquistou por 6 vezes.

 

E como destaque individual, o diretor Fernando S B Medina disputa pelo segundo ano consecutivo o prêmio na categoria Empresario de Destaque – Fornecedores de RH, prêmio também conquistado em 2017.

 

Seis vezes Top of Mind de RH

Fator importante de reconhecimento, o TOP tem como objetivo identificar e reconhecer as empresas e profissionais mais lembrados na área de RH. É um prêmio que consolida a Luandre como a mais lembrada na categoria Temporários & Efetivos.

 

Essa indicação tem dois significados importantes: o primeiro deles é demostrar que a Luandre alcança grande notoriedade no mercado, consolidando-se como uma referência em seu segmento.

 

O segundo e, na nossa opinião, mais importante é mostrar que todo o empenho e dedicação com que cada um dos nossos colaboradores atua, seja no atendimento aos clientes, seja aos milhares de candidatos que comparecem em nossas unidades todos os dias.